Reprodução

O governador Helder Barbalho (MDB) encerra seu primeiro ano de gestão com dois feitos para seu prontuário:

A maior chacina urbana, com 11 mortos, em Belém, no Bar da Wanda.

E o maior massacre de presos do século no Pará, com 58 assassinados em Altamira, incluindo 16 degolados.

Falar é fácil, fazer é que são elas.

Por: Ronaldo Brasiliense