Nesta segunda-feira (25), no Dia Nacional do Doador de Sangue, o saudoso doador paraense Osvaldo Bellarmino Marques, que faleceu em fevereiro deste ano e fazia aniversário justamente no dia 25 de novembro, será homenageado pela Fundação Centro de Hemoterapia e Hematologia (Hemopa). O auditório da instituição receberá o nome dele na presença de familiares e amigos.

A solenidade, que será realizada das 9h às 11h, na unidade no bairro de Batista Campos, na travessa Padre Eutíquio, esquina com a rua dos Caripunas, também contará com a presença de autoridades do Estado; apresentação da música Fábrica da Vida pelo Coral do Hemopa; e apresentação de bandas militares.

Osvaldo Bellarmino Junior, filho mais velho, dos quatro que seu Bellarmino teve, revelou que o pai se dedicava ao Hemopa como se fosse a segunda família dele. “Meu pai acabou se tornando um símbolo da doação no Pará. Doou 176 vezes e fazia aniversário justo no dia nacional do doador. É até arrepiante para mim falar isso”, comentou.

Ele conta que o pai começou a praticar o gesto de solidariedade desde jovem e seguiu incentivando este ato até o fim da vida. “Ele começou a doar aos 18 anos, quando ainda era militar do Exército, e seguiu até o limite de idade. Mesmo depois disso, seguiu incentivando a doação confeccionando calendários, camisetas, indo sempre ao Hemopa. Isso até os últimos dias de vida, quando faleceu com 80 anos”, detalhou Osvaldo Bellarmino Junior.

Programação do Hemopa

Em alusão à data, o mês de novembro ganha, anualmente, uma programação especial pelo Hemopa, que visa incentivar a doação e parabenizar todos que, voluntariamente, dedicam um tempo para ir ao serviço de coleta de sangue.

Desde o último sábado (23) até o dia 30 de novembro, o Hemopa realiza um cronograma com o tema “No campeonato da vida você é o campeão!”. O hemocentro fechou parceria com diversas federações esportivas do Pará, no intuito de mobilizar atletas do esporte amador para a doação de sangue. No sábado, foi realizada uma a feira olímpica no entorno da sede do Hemopa, em Batista Campos. As federações esportivas levaram modalidades para exposição com demonstração de capoeira, Muay thai, judô, tênis de mesa entre outros esportes.

Neste domingo (24), está agendado o passeio ciclístico “Pedalando pela Vida”, que vai cumprir um percurso de 14 quilômetros. A concentração será às 6h, na sede do Hemopa Batista Campos. O percurso vai passar pelos bairros Batista Campos, Nazaré, São Braz, Fátima, Umarizal e Campina até chegar na Praça da República, onde terá a Unidade Móvel do Hemopa fazendo coleta de sangue.

Na segunda-feira, será o ponto alto ação comemorativa com a solenidade de homenagem a Osvaldo Bellarmino. Entre os dias 26 e 30 de novembro, o Hemopa espera a presença de diversos grupos de entidades, escolas, igrejas, empresas privadas e públicas para a doação de sangue.

De acordo com o presidente da Fundação, Paulo Bezerra, aproximadamente 90 mil pessoas compareceram ao Hemopa neste ano, até então, para doações. Desse total, cerca de 70 mil passaram por coleta. Neste período de comemoração, a meta é de 300 comparecimentos de voluntários por dia.

“Agradecemos todos os dias a participação da população que procura nossas unidades para praticar esse gesto de generosidade. Todos os hemocentros do Brasil celebram esta data para agradecer e estimular novos doadores”, destacou.