Inúmeros bolivianos que protestavam desde o anúncio do resultado das eleições presidenciais voltaram às ruas neste domingo (10) para comemorar a renúncia de Evo Moraes e Álvaro García Linera