Pesquisa: 56% discordam de decisão do STF que soltou ex-presidente Lula

935

O instituto Realtime Bigdata divulgou nesta sábado (9) pesquisa encomendada pela TV Record na qual perguntou aos brasileiros suas opiniões sobre a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) contra a prisão após a segunda instância e sobre a soltura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

De acordo com o levantamento, 56% se mostraram contra a mudança de interpretação sobre em que momento os réus do país podem ser presos. E 50% foram contra a liberdade do petista.

A pesquisa entrevistou 1.200 pessoas entre sexta-feira (8) e este sábado (9). A margem de erro é de 4% e o nível de confiança é de 95%.

O instituto perguntou: você concorda com a decisão do STF de que alguém só pode ser preso após o trânsito em julgado do seu processo? Dos 1.200 entrevistados, 56% discordaram, 28% concordaram e 18% preferiram não opinar.

Quando questionados se concordavam com a saída de Lula da cadeia, 50% foram contra, 26% concordaram e 18% não opinaram.