divulgação

Após bate boca com ministro Ricardo lewandowski, Dias Toffoli pediu intervalo de 10 minutos.

Agora, caberá ao presidente da Corte, ministro Dias Toffoli, dar o voto final e decisivo a respeito do tema.