Adriano Machado/Reuters
O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) sugeriu um novo AI-5 “se a esquerda radicalizar”. Eduardo deu declaração em entrevista à jornalista Leda Nagle, divulgada nesta quinta-feira (31).

“Se a esquerda radicalizar nesse ponto, a gente vai precisar ter uma resposta. E uma resposta ela pode ser via um novo AI-5, via uma legislação aprovada por plebicito, como ocorreu na Itália. Alguma resposta vai ter que ser dada”, afirmou.

Eduardo criticou a oposição, dizendo que, para eles, tudo “é culpa do Bolsonaro”. “Tudo é culpa do Bolsonaro, percebeu? O fogo na Amazônia, eu já morei lá em Rondônia, sei como é que é, sempre ocorre nesta estação. Culpa do Bolsonaro. Óleo no Nordeste culpa do Bolsonaro. Daqui a pouco vai passar esse óleo, tudo vai ficar limpo, qualquer coisa vai ser culpa do Bolsonaro”, disse.

O AI-5 (Ato Institucional nº 5) foi um dos decretos da ditadura militar brasileira.

Assista à entrevista: