Protesto no Chile é considerado o maior desde a volta da democracia no país Ivan Alvarado/Reuters

O presidente do Chile, Sebastian Piñera, pediu neste sábado (26) que todos os ministros apresentem suas renúncias para fazer uma reforma ministerial, em uma tentativa de encerrar os protestos em massa contra o modelo econômico chileno que têm atingido o país.

O anúncio foi feito após um protesto gigantesco, mas pacífico, na sexta-feira (25), no qual cerca de 1 milhão de chilenos foram às ruas para pedir por reformas econômicas para reduzir as desigualdades.